CozinhaConnosco

pesquisar

 
Segunda-feira, 26 / 08 / 13

Quiche de Fuet e Cogumelos Castanhos

A receita de hoje é mais uma quiche made in Porto! Como tenho vindo a referir nas quiches podemos colocar tudo o que queremos, ou fazer as combinações que mais nos agradam. 

 

Quiche de Fuet e Cogumelos Castanhos


 

Ingredientes:

  • Cogumelos castanhos frescos q.b.
  • Fuet q.b. (não usei um inteiro)
  • 5 ovos;
  • 1 pacote de natas;
  • 1 massa quebrada.

Preparação:

 

Começar por lavar bem os cogumelos.

 

 

Cortar os cogumelos e o fuet em finas fatias.

 

 

 

Levar os cogumelos ao lume numa frigideira com azeite. Os cogumelos irão ficar bem reduzidos!

 

 

De seguida, furar a tarte (como já é procedimento habitual) e verter os cogumelos escorridos anteriormente.

 

 

Por cima dos cogumelos dispôr o fuet.

 

 

Por fim, numa tigela, bater os ovos com a batedeira.

Quando estiverem bem batidinhos, juntar um pouco das natas e bater mais um pouco.

Verter este preparado sobre o nosso fuet e cogumelos e levar ao forno a 180ºC.

 

 

Retirar do forno quando acharem que está douradinha ou quando a massa quebrada estiver acastanhada.

Deixo-vos a fatia da praxe, desta vez da vista lateral para verem como fica bonitinha!

 

 

Bom apetite =)

Vem daí, e CozinhaConnosco!

 

Por: João {#emotions_dlg.happy}

Etiquetas: , , ,
publicado por CozinhaConnosco às 19:56
Terça-feira, 19 / 03 / 13

Quiche de ervilhas, camarão e ananás

Hoje trago-vos mais uma quiche, um pouco diferente da outra, mas deliciosa! Esta também foi aprendida, numa das minhas temporadas no Porto e não tem nada que saber.

 

Quiche de ervilhas, camarão e ananás

 

 

Ingredientes:

 

  • Massa quebrada; 
  • Camarões ou miolo de camarão a gosto;
  • Ervilhas a gosto;
  • Rodelas de ananás a gosto;
  • 5 Ovos;
  • 1 Pacote de natas.

 

Preparação:

 

Reparando nos ingredientes, devem estar a pensar... passou-se! Não, na verdade, nesta quiche, podem usar os ingredientes ao gosto de cada um.

 

Aquecer um pouco de azeite, numa frigideira ou tacho, colocar as ervilhas (estas poderão estar congeladas) e deixar cozinhar.

 

 

Enquanto isto, se escolheram usar o miolo do camarão, iremos usar o método da tampa para eles lhe dar uma "entaladela" de calor. Ou seja, na frigideira ou tacho das ervilhas, colocar uma tampa, e nessa tampo o respetivo miolo. Com o calor, estes acabaram por perder a água e cozinhar ligeiramente.

 

 

Se optaram pelo camarão, podem por exemplo colocá-lo no lava-louça e juntar um pouco de água a ferver. Deixar ficar uns minutos e descascar. Após descascar, cortar o camarão em 2 partes.

 

Cortar as rodelas de ananás em pequenos pedaços.

 

Pré-aquecer o forno a 180ºC.

 

Escorrer os camarões e juntar às ervilhas, deixando cozinhar um pouco.

 

 

Escorrer o azeite do preparado.

 

Dispôr a massa quebrada na tarteira e picá-la toda (eu costumo colocar o papel vegetal que vem com a massa, por torna-se mais fácil de desenformar no final, e assim não pegará).

 

Colocar no forno uns minutos até começar a ficar dourada. Retirar.

 

Numa taça bater os ovos com a batedeira. Depois de bem batidos, juntar as natas e bater mais um pouco.


Por fim, dispôr as ervilhas, camarões e ananás na massa e regar com os ovos e natas.

 

Vai ao forno até o ovo estar cozido, podendo ficar mais clarinho ou mais coradinho conforme os gostos.

 

 

P.s. - No dia 5 de Março fizemos 1 ano de existência! Obrigado a todos que nos seguem e que também desfrutam tanto desta experiência quanto nós.

 

 

Bom apetite =)

Vem daí, e CozinhaConnosco!

 

Por: João {#emotions_dlg.happy}

publicado por CozinhaConnosco às 15:02
Quarta-feira, 24 / 10 / 12

Quiche de Carne, Cogumelos, Noz e Espargos

Recentemente estreei-me no mundo das quiches. Sempre tinha ouvido falar do termo e sabia por alto o que era, mas só durante a minha estadia no Porto é que tive oportunidade de aprender a fazer e a saborear.

 

Ao contrário do que se pensa e de ser um prato tradicional francês a quiche teve origem na Alemanha. O seu nome vem do alemão "Küchen" que quer dizer torta. Este prato teve origem na Alsácia Lorena que actualmente pertence à França e faz fronteira com a Alemanha.

 

Inicialmente essa província fazia parte da Alemanha e chamava-se "Lothringen" (em português Lorena e em francês Lorraine). Depois de muitas batalhas (incluindo a primeira e segunda guerras mundiais), Lorena volta para a França, e a quiche passou a chamar-se "Quiche de Lorraine".

 

A quiche não tem propriamente regra do que devemos usar, basicamente pode-se usar o que se quiser, fazendo os maiores contrastes de sabores. Muitas vezes, serve até para reaproveitamentos.

 

Hoje trago-vos:

 

Quiche de Carne, Cogumelos, Noz e Espargos

 

Ingredientes:

 

  • Massa quebrada;
  • Carne cozinhada (podem aproveitar algum bife ou frango assado);
  • 1 Frasco de cogumelos inteiros;
  • Noz q.b.
  • 1 Frasco de espargos;
  • 5 Ovos;
  • 1 Pacote de natas;
  • Pimenta preta q.b.

 

Preparação:

 

Pré-aquecer o forno à temperatura de 180ºC. Enquanto isso, deverá dispor a massa quebrada na tarteira e picá-la com um garfo.

 

 

De seguida, leve a massa ao forno até ela ficar douradinha.

Para rentabilizar o tempo, pode partir os ovos para uma taça e batê-los com a batedeira. Quando estiverem bem batidinhos, juntam-se as natas e bate-se mais um pouco. 

 

 

Passados uns 10 minutos {#emotions_dlg.away}, retira-se a massa do forno, e coloca-se a carne partida aos bocadinhos (ou desfiada no caso do frango), junta-se os cogumelos, as nozes, e corta-se os espargos para cima. 

 

 

 Por fim regar com a mistura de ovo/natas e adicionar pimenta preta a gosto.

 

 

Levar ao forno até ficar tostadinha.

 

 

Esta foi a minha primeira experiência com quiches e a meu ver e segundo os gulosos cá de casa ficou aprovada. Como viram é rápido e não dá trabalho nenhum.

Eu não falei em sal, porque muitas vezes os alimentos que usamos já têm a sua parte de sal, no meu caso o bife, estava bastante apurado.

 

{#emotions_dlg.meeting}Nota: As quiches podem ser servidas como entrada, como lanche, em almoços, em jantares, com ou sem acompanhamento. 

 

P.s. - O blog continua a crescer, por isso foi acrescentado um tradutor, na barra da direita.

 

Bom apetite =)

Vem daí, e CozinhaConnosco!

 

Por: João {#emotions_dlg.happy}

publicado por CozinhaConnosco às 21:53
Bem-vindos ao CozinhaConnosco. Neste blog, dois amantes da culinária, querem partilhar convosco as suas experiências na cozinha. Vistam o avental e divirtam-se connosco! Li e João

mais sobre nós

Junho 2016

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

FalaConnosco

Receitas passadas

Translator